Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Restituição de quem ficou na malha será depositada nesta quinta

Só é possível retificar a declaração antes de ser intimado ou notificado pela Receita Federal

Os mais de 102.000 contribuintes que caíram na malha fina de 2008 a 2017 vão receber nesta quinta-feira 15 o depósito da restituição do Imposto de Renda. Ao todo, a Receita Federal pagará 210 milhões de reais diretamente nas contas indicadas nas declarações, incluindo idosos, pessoas com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave.

Para conferir, basta entrar no site Receita ou ligar para o 146.

Como forma de orientar o contribuinte, a Receita Federal divulgou um vídeo no YouTube “Caiu na Malha Fina? Conheça o e-Defesa”. Lá, é possível aprender como acompanhar a declaração e se o problema da declaração é alguma pendência que pode ser corrigida.

Outro problema bastante comum é erro no preenchimento, que pode ser resolvido com uma retificação. Só é possível retificar a declaração apresentada antes de ser intimado ou notificado pela Receita Federal.

Porém, caso a declaração retida na malha fina esteja correta e o contribuinte tenha toda a documentação que comprove as informações, é possível antecipar a entrega dessa documentação ou aguardar uma intimação fiscal ou uma notificação de lançamento (autuação) da Receita Federal.   

A restituição fica disponível no banco durante um ano. Caso o contribuinte não faça o resgate nesse prazo, deverá requerê-la por meio da internet.  Se o valor não for creditado, o contribuinte poderá contatar pessoalmente qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento por meio do telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.