Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Marins Consultoria dá boas-vindas aos possíveis 42 bilhões de reais e analisa liberação do FGTS proposta pelo presidente Jair Bolsonaro

RIBEIRÃO PRETO, Brasil, 20 de julho de 2019 /PRNewswire/ — Imagine uma situação hipotética: durante 10 anos, você empresta obrigatoriamente 8% seus ganhos, todos os meses, para uma pessoa que promete atualizar o valor acumulado deste empréstimo pelo índice que ela mesma estipulou por lei. Absurdo não é? Pois assim é a realidade do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço).

Marins Consultoria (PRNewsfoto/Marins Consultoria)

Isto é o que acontece desde 13 de Setembro de 1966, data de criação do “benefício”. A desvantagem para o trabalhador se mostra absurda, principalmente sob o comparativo dos últimos 10 anos: FGTS 49,67% versus 82,6% da INFLAÇÃO, uma diferença de 32,93%, ou seja R$ 32,93 (trinta e dois reais e noventa e três centavos), perdidos a cada R$ 100,00 (cem reais) pago de forma obrigatória pelo trabalhador.

A notícia boa é que esse cobrador algoz (governo federal), permitirá que você saque até 35% do valor do SEU dinheiro.

Dessa forma, será concedido o chamado “saque inversamente proporcional” ao saldo da conta;

  • 35% de contas com saldo máximo de R$5 mil;
  • 30% de contas com saldo máximo de R$10 mil;
  • 10% das contas com saldo superior a R$10 mil.

A verdade é que você jamais emprestaria seu suado dinheiro dessa forma, se não fosse obrigado a isso. O caso que citei, de forma hipotética, parece surreal mas é o que acontece desde 1966. Você empresta 8% do seu salário de forma obrigatória, com a perda anual do valor acumulado em quase sua metad, e ainda vai ficar “feliz” por poder sacá-lo sem estar com doença grave ou desempregado sem justa causa.

Com a ação anunciada pela nova gestão, o governo criou a expectativa de ter injetado mais de 42 bilhões de reais, devido a liberação de parte do FGTS acumulado. Esta medida poderá aquecer a nossa economia, levantar o ânimo do trabalhador, do comércio e até mesmo das industrias, que poderão girar e vender esta quantia ainda esse ano.

Os valores para liberação seguiria a data de aniversário do trabalhador, assim os trabalhadores que já fizeram aniversário este ano já teriam direito ao benefício assim que for autorizado, 42 bilhões de reais sejam muito bem vindos aos trabalhadores, aos empresários e até mesmo o PIB agradece.

Consultoria realizada por quem entende do assunto

No mercado há mais de 40 anos, o Grupo Marins atua com excelência em questões financeiras, patrimoniais, tributárias e corporativas.

Com objetivo de oferecer um atendimento personalizado e eficiente, o Grupo busca entender com profundidade o que é exposto por seus clientes para oferecer soluções pertinentes e eficazes. Saiba mais: www.marinsconsultoria.com.br

Telefone 16-39024444

Marins Consultoria (PRNewsfoto/Marins Consultoria)

FONTE Marins Consultoria