Clique e assine a partir de 8,90/mês

Refinaria Abreu e Lima inicia fase de pré-operação

Cronograma da empresa previa a operação já no início deste mês, mas ANP ainda aguarda documentos para autorizar o começo das atividades

Por Da Redação - 6 nov 2014, 14h52

A Petrobras informou que a Refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco, entrou em fase de pré-operação. O cronograma da empresa previa a operação já no início deste mês, porém, a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) informou que ainda aguarda a documentação relativa à refinaria para autorizar a companhia a processar o primeiro óleo.

Segundo a petroleira, foi iniciada a operação dos sistemas de utilidades, como a estação de tratamento de águas, de ar comprimido e a primeira torre de resfriamento. Também foram ligados o emissário submarino, a rede de gás natural e combustível, a tocha principal e parte da estação de tratamento de despejos industriais. A empresa informou ainda que toda estrutura do porto de Suape foi concluída.

Leia mais:

Planalto tenta emplacar aliado no TCU para relatar Pasadena

Petrobras: uma década de história em sete gráficos

Dois equipamentos diretamente envolvidos na produção de combustíveis estão em fase de pré-operação: a unidade de destilação atmosférica (UDA) e a unidade de geração de hidrogênio. “As demais unidades de processo (coqueamento retardado e hidrorrefino) logo entrarão em pré-operação”, informou em nota.

“A Abreu e Lima será a refinaria da Petrobras com a maior taxa de conversão de petróleo em diesel: a cada 100 barris de petróleo processados, 70 barris de diesel S-10 (com baixo teor de enxofre) serão produzidos. No total, a produção de diesel da Rnest será de 161 mil bpd, o que representa cerca de 17% do volume de diesel consumido no Brasil (base primeiro semestre de 2014)”, destacou a Petrobras.

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade