Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Redes da Claro enfrentam instabilidade em São Paulo

Companhia detém mais de um quarto do mercado de telefonia no Brasil

Por Da Redação Atualizado em 2 Maio 2022, 16h59 - Publicado em 2 Maio 2022, 11h47

A companhia telefônica Claro presenteou milhões de paulistanos na manhã desta segunda-feira, 2, com uma falha no sistema que deixou as redes instáveis ou completamente indisponíveis. São inúmeros os relatos nas redes sociais de usuários reclamando de ausência de sinal desde o início do dia. A empresa não havia se manifestado oficial e publicamente sobre os problemas até a publicação desta matéria. A última e festiva publicação da empresa no Twitter envolvia a continuidade “de sua cobertura” durante corridas da Fórmula 1. De acordo com o site DownDetector, que monitora problemas na cobertura de diversos serviços digitais, o número de reclamações registradas contra a Claro passou de pouco mais de dez às 5h da manhã para quase 500 às 10h desta segunda.

“Tá difícil para motorista de app trabalhar sem sinal”, escreveu um usuário no Twitter. “Quero saber se esse período vai ser abatido na minha conta no fim do mês”, provocou outro. Em conversa com VEJA por telefone por volta de 10h, a assessoria informou não tinha ciência de qualquer problema. E não são poucos os usuários afetados — em São Paulo, são mais de 25 milhões. Segundo dados da Agência Nacional de Telefonia, a Anatel, a Vivo detém a liderança de mercado da telefonia móvel no país com 33,4% de todos os telefones do país. A Claro tem 27,95% de participação, ocupando o segundo lugar. A terceira posição fica com a Tim, que tem 21,17% dos usuários.

Apesar da ausência de comunicado oficial, a empresa vem respondendo usuários nas redes sociais afirmando que “já temos uma equipe tratando a falha na localidade de São Paulo”. Procurada por VEJA pela manhã, a empresa afirmou no final da tarde que houve uma falha em equipamento para registro de redes móveis no estado de São Paulo. “A Claro reforça que suas equipes técnicas trabalharam prontamente para restabelecer os serviços, que estão sendo normalizados gradativamente”, disse a empresa.


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês