Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Redecard tem lucro 20,3% maior no segundo trimestre

Por Altamiro Silva Júnior

São Paulo – A Redecard, empresa que faz captura de transações e o credenciamento de lojistas para bandeiras de cartões, anunciou nesta quarta-feira lucro líquido de R$ 388,1 milhões no primeiro trimestre, alta de 20,3% ante o mesmo período do ano passado e de 1,8% ante os meses de janeiro a março de 2012.

O crescimento do lucro ocorreu, segundo a empresa, por aumento das receitas e queda nos custos. No segundo trimestre, a Redecard destaca que teve iniciativas para melhorar sua eficiência. Foi implementado, por exemplo, um novo modelo de incentivos para credenciamento de lojistas feito pela equipe de vendas. Também houve esforços para melhorar a operação de logística dos terminais que fazem a leitura das transações (chamados de POS).

Neste, que deve ser o último balanço divulgado pela Redecard, que está em processo de fechamento de capital, a empresa anunciou Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) ajustado ficou em R$ 636 milhões, crescimento de 11% em 12 meses. A margem líquida ficou em 39,3%, acima dos 36,3% do segundo período do ano passado.

A receita líquida, que vem principalmente das taxas cobradas dos lojistas por capturas de transações com cartões de crédito e débito, ficou em R$ R$ 986,9 milhões no segundo trimestre, alta de 11% ante igual período de 2011.

Pelos terminais da empresa instalados em mais de 1 milhão de lojas em todo o Brasil, foram capturados R$ 59,3 bilhões em operações de compras e pagamentos com cartões de crédito e débito, expansão de 5,9% ante o mesmo período do ano passado. O destaque foi o crescimento das operações com cartões de débito, que cresceram 15% em 12 meses.