Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Receita já recebeu 25 mi de declarações; prazo acaba hoje

Expectativa é de que 26 milhões de declarações sejam entregues até as 23h59. Declarações entregues por tablets e smartphones somaram cerca de 5 mil

Por Da Redação
30 abr 2013, 13h46

Até as 17h30 desta terça-feira, último dia para entrega do Imposto de Renda 2013, a Receita Federal informa que recebeu aproximadamente 25 milhões de declarações. Como a expectativa para este ano é que o número de declarações ultrapasse 26 milhões, a Receita espera que 1 milhão de contribuintes ainda acertem as contas com o Leão nesta noite. O prazo para a entrega termina às 23h59min59s (horário de Brasília). De acordo com a Receita, as declarações entregues por tablets e smartphones somaram cerca de 5 mil.

A multa mínima para quem perder o prazo é de 165,74 reais e pode chegar a até 20% do valor do imposto devido. O imposto poderá ser pago em até oito vezes, com valor mensal mínimo de 50 reais. A primeira parcela ou parcela única vence no dia 30 de abril. Caso o valor de imposto devido seja inferior a 100 reais, o pagamento deve ser feito em cota única, informa a Receita Federal. A apresentação da declaração pode ser feita via internet, pelo programa de transmissão, ou por disquete, a ser entregue nas agências do Banco do Brasil ou da Caixa em todo o país.

Na última sexta-feira, o subsecretário de Fiscalização da Receita, Caio Marcos Cândido, anunciou que 200.000 pessoas já haviam sido selecionadas com base nas declarações de 2012 e 2013 e seriam fiscalizadas a partir deste mês por suspeita de fraude.

O Centro de Orientação Fiscal (Cenofisco), parceiro do site de VEJA no IR 2013, disponibilizou um manual para auxiliar no preenchimento da declaração. O material, com 89 páginas, aborda detalhadamente os principais pontos da declaração.

Continua após a publicidade

Restituição – A Receita Federal divulgou nesta terça-feira, no Diário Oficial da União, o calendário de pagamento das restituições neste ano. Ao todo, serão sete lotes de restituição, divididos de junho a dezembro. O primeiro lote será pago em 17 de junho.

O segundo lote de restituições será pago em 15 de julho. O terceiro, em 15 de agosto. O quarto, em 16 de setembro. O quinto lote ficou para 15 de outubro. O sexto, para 18 de novembro e o sétimo, 16 de dezembro. Terão prioridade para receber a restituição os contribuintes com mais de 60 anos e os portadores de doenças graves ou com deficiência física ou mental. Além disso, têm prioridade as declarações entregues pela internet.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.