Clique e assine a partir de 9,90/mês

Receita Federal alerta para golpe via e-mail

Correspondência diz que usuário está na malha fina e pede dados pessoais para regularização; órgão diz que não envia mensagens eletrônicas sobre o assunto

Por André Romani - 18 fev 2019, 16h26

A Receita Federal alertou que está circulando um e-mail falso no nome da instituição, dizendo que o usuário está em malha fiscal – quando é detectada alguma movimentação estranha na declaração de renda. A mensagem ainda indica um link que supostamente levaria a um relatório do Imposto de Renda de 2018.

Em nota, a instituição disse que “não e-mails para informar se o contribuinte está ou não em malha fiscal. Tampouco autoriza outras instituições a enviarem e-mails em seu nome.”

Segundo a Receita, as mensagens devem ser apagadas, pois podem conter conteúdo malicioso. Além disso, o usuário corre o risco de ter seus dados pessoais roubados, já que no e-mail existe a opção “entregar documentação”.

Falso informativo da Receita Federal circula na internet //Reprodução

O contribuinte pode verificar se sua declaração está na malha através do Extrato de Processamento da DIRPF no site da Receita Federal. Para acessar o extrato da declaração, é necessário utilizar o código de acesso gerado na própria página da Receita Federal ou certificado digital, espécie de CPF, emitido por autoridade habilitada.

Continua após a publicidade

Na seção “Pendências de malha” do extrato, é possível identificar se a declaração está retida em malha fiscal ou se há alguma outra pendência que possa ser regularizada por ele mesmo.

A Receita divulgará até o fim de fevereiro o calendário do IR 2019 bem como os limites de isenção e as faixas de renda tributáveis. Uma novidade, no entanto, já foi anunciada: para fazer a declaração este ano é preciso informar o CPF de todos os dependentes, independente da idade. No ano passado, a obrigatoriedade era apenas para maiores de 8 anos. 

 

Publicidade