Clique e assine com até 92% de desconto

Receita apreende 260 t de produtos falsificados em SC

Por Da Redação 22 dez 2011, 08h49

Por Solange Spigliatti

São Paulo – Cerca de 260 t de produtos falsificados de marcas conhecidas foram apreendidas no Porto de Navegantes, durante a Operação Barba Negra, desencadeada pela equipe da Receita Federal da Alfândega do Porto de Itajaí, em Santa Catarina. Segundo a Receita, o valor de mercado dos produtos, que estavam em 13 contêineres, supera a cifra de R$ 50 milhões, sendo considerada a maior apreensão de produtos falsificados em número de contêineres em uma única operação do Órgão. Apenas parte da carga de óculos alcança o valor de R$ 4 milhões.

Entre as marcas falsificadas como Nike, Armani, Dolce & Gabanna, Adidas, Ray Ban, Ferrari, Puma, Tommy Hilfiger, Chanel, Mormaii, Arnette, Ermenegildo Zegna, Oakley, Louis Vuitton, foram encontrados relógios, camisas, bermudas, tênis, óculos, ternos e bolsas que vieram da China e seriam distribuídos em todo o território nacional.

A apreensão teve início através de investigação desencadeada pela Alfândega da Receita Federal em Itajaí, que bloqueou as cargas para verificação física e descobriu a falsa declaração de conteúdo. As empresas importadoras são das cidades do estado de São Paulo. A Receita Federal está investigando possível relação entre elas.

Continua após a publicidade
Publicidade