Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Recall: Engenheiro da GM omitiu mudança na ignição de carros

Raymond DeGiorgio diz ter esquecido de mencionar a troca do modelo de chave em 2006 e pareceu perturbado e triste nas conversas com os investigadores

Por Da Redação
Atualizado em 5 jun 2024, 08h42 - Publicado em 29 Maio 2014, 16h19

Em depoimento ao Congresso no ano passado sobre um acidente fatal ocorrido em 2010, na Georgia, o engenheiro da General Motors (GM) envolvido no problema que originou o recall de milhões de veículos não mencionou nada a respeito da troca do modelo de chave de ignição de vários modelos de carros do montadora. Raymond DeGiorgio, que trabalhava na GM desde 1991, foi suspenso no dia 10 de abril. Ele liderou a equipe de engenheiros que projetou a nova chave de ignição, usada a partir de 2006 em diversos modelos e que foi a causa principal dos problemas. As falhas na chave impedem que os airbags sejam acionados, o que já levou 13 pessoas à morte.

Segundo o jornal The New York Times, ele pareceu perturbado e “genuinamente triste” com as mortes e sua inabilidade de relacionar o problema da chave de ignição com o acionamento dos airbags. Às autoridades que investigam o caso atual, ele disse que se esqueceu de mencionar a troca de chave no depoimento que deu no ano passado. Os agentes descobriram ao analisar documentos fornecidos pela companhia no âmbito da investigação.

Leia mais:

GM anuncia recall de 2,6 milhões de carros no Brasil e nos EUA

GM recebe multa de US$ 35 milhões por recall tardio

Continua após a publicidade

Lucro da GM cai para US$ 100 milhões no 1º trimestre

Em maio, as autoridades americanas aplicaram uma multa de 35 milhões de dólares à GM por ter demorado a fazer o recall de veículos equipados com uma peça defeituosa. No Brasil, quase 240 mil carros de 10 modelos também precisam voltar à concessionária para a substituição de peças. Classic, Cobalt, Montana, Spin, Cruze, Cruze Sport6, Celta, Onix, Prisma e Agile, ano e modelo 2014/15, devem trocar o filtro de combustível, que traz risco de incêndio.

(com agência Reuters)

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.