Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Reativado reator sul-coreano que sofreu blecaute

Por Da Redação 6 ago 2012, 01h20

Seul, 6 ago (EFE).- O reator 1 da usina nuclear sul-coreana de Gori, que levantou uma polêmica após ser revelado um corte de energia elétrica encoberta por operários em fevereiro, voltou a funcionar nesta segunda-feira após uma longa inspeção, confirmou à Agência Efe o Ministério da Economia e Conhecimento de Seul.

O reator de 578 megawatts e 34 anos de idade, que até na sexta-feira não funcionará a pleno rendimento, retomou suas atividades esta manhã no meio de uma onda de calor que ameaça provocar uma situação de escassez energética na Coreia do Sul.

Após uma investigação de quatro meses que contou com especialistas internacionais, a Comissão de Segurança Nuclear da Coreia do Sul aprovou no mês passado o novo começo de funcionamento da unidade, que a princípio deveria ter sido fechada em 2008, mas prolongou sua vida útil por mais dez anos.

A segurança das instalações nucleares é objeto de debate por causa do acidente na usina japonesa de Fukushima, cujas emissões radioativas mantêm mais de 50 mil pessoas evacuadas da região de exclusão em torno da central. EFE

Continua após a publicidade
Publicidade