Clique e assine a partir de 9,90/mês

Quase 40% das reclamações não são resolvidas por agências de viagem

Segundo o Procon-SP, média do índice de solução de problemas é de 63,38%. Decolar.com lidera ranking de ocorrências

Por Da Redação - 10 nov 2014, 10h44

(Atualizado às 13h30)

O Procon estadual de São Paulo (Procon-SP) elaborou um ranking de reclamações que lista agências de viagem e companhias aéreas. Decolar.com e Tam Linhas Aéreas ocupam respectivamente as primeiras posições de cada um. Entre as agências de viagem, o índice de solução é de 63,38%, o que significa que quase 40% das reclamações não são resolvidas.

Decolar.com é responsável por 37,3% das reclamações e resolve 76% dos casos. A CVC ocupa a segunda posição, e resolve 52% das demandas, mas não soluciona 48%, o segundo pior índice, atrás apenas da empresa Booking.com, que deixa de solucionar 58% das reclamações registradas no Procon-SP.

Leia mais:

Continua após a publicidade

Anac libera mais voos para Gol e TAM voarem aos EUA

Gol e TAM perdem participação de mercado em setembro

Procon pede esclarecimentos à Fnac sobre iPhone sem imposto

No ranking das companhias aéreas, o índice de solução das agências de viagem é de 67,8%. Tam e Gol, a segunda mais reclamada, respondem por 71% dos casos. Tam registra um índice de solução de 70% e Gol, de 75%. O índice de solução mais baixo, 61%, é da Azul, que ocupa o quarto lugar.

Continua após a publicidade

Em ambos os rankings, os principais problemas encontrados, 74% dos casos, referem-se a cobrança, serviço ou contrato. O Procon-SP considera ideal um índice de solução acima de 95%, o que representa um maior comprometimento das empresas com seus clientes.

Em nota, a Tam esclarece que recebe, em média, 30 casos de reclamações por mês em um universo de 957 mil passageiros transportados no Estado de São Paulo. A companhia acrescentou que sempre busca solucionar os casos.

Publicidade