Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Promoções de smartphones lideram queixas contra a Black Friday

Entre as queixas, a propaganda enganosa segue disparado como o maior motivo das queixas (12,6%)

Por Giovanna Balogh Atualizado em 23 nov 2018, 09h11 - Publicado em 23 nov 2018, 08h33

O site Reclame Aqui já registrou 2.224 reclamações sobre Black Friday nos últimos dois dias. Smartphones e celulares seguem na liderança, com 9,9%, seguidos por TV, 6,4%, e tênis, 4,5%.

Pela primeira vez, a quarta posição ficou com passagens aéreas com 3,9% das reclamações. Entre as queixas, a propaganda enganosa segue disparado como o maior motivo das queixas (12,6%). Divergência de valores e problemas na finalização da compra compõem o restante dos principais problemas, com 7,5% e 6,7%, respectivamente.

Uma reclamação a cada 30 segundos

A primeira hora oficial da Black Friday foi também a de maior volume de reclamações até agora no Reclame Aqui. Da 0h à 1h desta sexta-feira, 23, foram registradas 126 queixas sobre Black Friday, ou seja, 2,1 reclamações a cada minuto.

De acordo com o Reclame Aqui, a empresa mais reclamada é a Casas Bahia, que fez um leilão de produtos pelo Facebook. Muitos consumidores relataram dificuldades para fazer lances. Em nota, a empresa disse que foram muitos acessos, vários simultâneos, que congestionaram o sistema.

Continua após a publicidade

Publicidade