Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Produtos importados aumentam participação na cesta do consumidor

Segundo dados da Fiesp, produtos vindos do exterior representam quase um quarto do consumo doméstico do brasileiro

Por Da Redação 21 fev 2013, 20h00

A participação dos importados no consumo doméstico de produtos industriais chegou a 23,5% em 2012, alta de 0,4 ponto porcentual em relação ao ano anterior. Com isso, o Coeficiente de Importação (CI) atingiu o maior nível da série histórica, iniciada em 2003, de acordo com dados dos Coeficientes de Exportação e Importação (CEI), divulgados nesta quinta-feira pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

Segundo a entidade, na comparação entre trimestres, o CI apresentou acréscimo de 1,8 ponto porcentual, ao passar de 22,3% entre julho e setembro para 24,1% entre outubro e dezembro de 2012. Nos últimos dez anos, a participação de importados no consumo teve acréscimo de 11 pontos porcentuais.

O diretor do Departamento de Relações Internacionais e Comércio Exterior da Fiesp, Roberto Giannetti, atribuiu o aumento às carências de competitividade do Brasil e ao cenário externo adverso.

Em relação aos últimos trimestres de 2012 e 2011, o Coeficiente de Exportação (CE) da indústria geral também teve crescimento, de 19,9% para 20,4%. Na mesma base de comparação, o CE para a indústria de transformação cresceu 0,5 ponto porcentual, para 17,1%.

Leia também:

Brasil é 37º em competitividade, segundo ‘The Economist’

“Há razões de sobra” para se preocupar com a economia mundial, diz Dilma

Continua após a publicidade
Publicidade