Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Produtores rurais anunciam greve comercial na província de Buenos Aires

Buenos Aires, 31 mai (EFE).- As principais entidades patronais rurais da Argentina anunciaram uma greve comercial de nove dias em protesto contra um aumento tributário aprovado nesta quinta-feira na província de Buenos Aires, um dos principais distritos agrícolas do país.

A chamada ‘mesa agropecuária’, que reúne as entidades do campo, decretou o encerramento da comercialização, excluindo os produtos perecíveis para a venda, desde o próximo sábado até o dia 10 de junho.

Todos os produtores da província de Buenos Aires, local mais rico do país, foram convocados a se mobilizarem em suas cidades de origem.

Os produtores agropecuários são contra a revalorização das terras, impulsionada pelo governador de Buenos Aires, Daniel Scioli, que aumentará o pagamento do imposto imobiliário rural e o aumento da taxação dos campos, além de fazer com que aumente o que os proprietários rurais pagam e o conceito do imposto aos bens pessoais.

O projeto de revalorização das terras foi aprovado nesta quinta-feira pela Câmara dos Deputados provincial, em meio a fortes protestos dos produtores rurais, e depois pelo Senado provincial.

‘O golpe fiscal confiscatório ocorre num contexto em que os produtores estão fortemente afetados, primeiro pela seca, e agora pelas inundações’, indicou em comunicado a ‘mesa agropecuária’ da província de Buenos Aires. EFE