Clique e assine a partir de 8,90/mês

Produção industrial se recupera e avança 1,9% em junho

Depois de cair 1,8% em maio, a indústria brasileira mostra sinais de recuperação, de acordo com dados do IBGE

Por Da Redação - 1 ago 2013, 09h53

A produção da indústria brasileira aumentou 1,9% em junho em relação a maio (já com ajuste sazonal) e 3,1% em comparação a junho de 2012 (sem ajuste), de acordo com dados publicados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quinta-feira. Os números mostram melhoras em relação a maio, mês em que a produção caiu 1,8% em relação a abril, em dados já revisados pelo instituto – anteriormente o IBGE havia anunciado queda de 2% para o quinto mês.

No segundo trimestre, a indústria teve alta de 4,3% em relação a igual período de 2012 e alta de 1,1% em comparação aos primeiros três meses deste ano.

A taxa anualizada mostra que, nos últimos doze meses, as fábricas aumentaram em apenas 0,2% sua produção de junho. O aumento, apesar de pífio, é importante porque reforça a tendência de alta do indicador. Além disso, este é o primeiro resultado positivo desde dezembro de 2011, quando subiu 0,4%.

Leia mais:

Confiança da indústria cai para menor nível em 4 anos

Produção industrial recua em 9 entre 14 regiões, mostra IBGE

Em termos setoriais, houve expansão em três das quatro categorias de uso e em 22 dos 27 ramos pesquisados. De acordo com o IBGE, as principais influências positivas entre as atividades foram farmacêutica (8,8%), máquinas e equipamentos (3,2%), outros equipamentos de transporte (8,3%) e veículos automotores (2,0%). Todas essas atividades registraram taxas negativas em maio, de 2,2%, 4,8%, 4,1% e 2,2%, respectivamente.

Entre as cinco atividades que reduziram a produção nesse mês, os destaques foram o refino de petróleo e a produção de álcool (-4,1%).

Continua após a publicidade
Publicidade