Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Produção de veículos tem o pior resultado para o 1º semestre em nove anos

Fabricação de carros, caminhões e ônibus caiu 18,5% entre janeiro e junho deste ano por causa da queda nas vendas, superior a 20% no mesmo período

Por Da Redação 6 jul 2015, 12h26

A produção de veículos no Brasil caiu 18,5% no primeiro semestre deste ano em relação ao mesmo período de 2014, informa a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) nesta segunda-feira. Ao todo, 1,27 milhões de carros de passeio, utilitário leves, caminhões e ônibus, saíram da linha de montagem entre janeiro e junho deste ano, ante 1,56 milhões de unidades no ano passado. Trata-se do pior primeiro semestre observado pela associação dos últimos nove anos.

Em junho, a produção de veículos recuou 14,8% em comparação com o mesmo mês de 2014. No total, 184.000 unidades foram fabricadas no período, sendo o pior resultado para os meses de junho em onze anos.

Somente na categoria de caminhões, a produção caiu 35,5% em junho sobre junho de 2014, acumulando no semestre tombo de 45,2%. O presidente da Anfavea, Luiz Moan, destacou ainda que a fabricação de caminhões no mês só não foi menor que a de junho de 1999. “A confiança dos consumidores está bastante abalada”, disse Moan.

O setor encerrou junho com estoques de 338.800 veículos ante 361.000 em maio. “Até pelo menos o final de agosto, a política de ajuste de produção das montadoras estará presente”, afirmou o presidente da Anfavea, prevendo dificuldades nos próximos meses.Segundo o executivo, 36.000 trabalhadores do setor estavam em licença remunerada até junho, o que equivale a cerca de 27% da força de trabalho das montadoras.

Já a venda de veículos no mercado brasileiro caiu 20,7% no primeiro semestre de 2015, segundo a Anfavea. De janeiro a junho, foram emplacados 1,31 milhões de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus em todo o país. Apenas em junho, foram licenciadas 212.524 unidades, o correspondente a quedas de 0,1% ante maio e de 19,4% na comparação com o mesmo mês do ano passado.

Continua após a publicidade

Os dados refletem bem a situação de crise enfrentada hoje pelas montadoras, que têm tido dificuldades de escoar o estoque de veículos por causa da baixa demanda.

Leia mais:

Montadoras têm o pior semestre em vendas desde 2007

Venda de veículos cai 25% em abril, diz Fenabrave

Volkswagen readmite 800 funcionários e greve de 10 dias acaba

(Da redação)

Continua após a publicidade

Publicidade