Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Produção de veículos cai 28,9% em fevereiro, aponta Anfavea

Com o resultado, setor automotivo acumula perda de produção de 22% em relação ao acumulado do primeiro bimestre do ano passado

A indústria brasileira de veículos produziu 200.100 veículos em fevereiro, um recuo de 28,9% na comparação com o mesmo mês de 2014, informou a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) nesta quinta-feira. Na comparação com janeiro a retração foi menor: 2,3%. Com o resultado, o setor acumula perda de produção de 22% em relação ao acumulado do primeiro bimestre do ano passado, a 404.900 unidades.

A desaceleração da indústria ocorre desde o ano passado, mas começou a apertar o passo este ano, com a retração mais intensa dos consumidores e fim de incentivos tributários concedidos pelo governo e que eram condicionados a compromissos de manutenção de empregos no setor.

Leia mais:

Fiat dá férias coletivas para 2 mil trabalhadores em Betim

Venda de veículos novos no Brasil despenca em fevereiro, indica Fenabrave

Queda nas vendas motiva novos cortes no setor automotivo

O número de postos de trabalho ocupados pelo setor em fevereiro ficou em 142.300, queda de 1,3% sobre janeiro e de 8,8% sobre o mesmo mês de 2014. A Anfavea manteve no mês passado projeção de estabilidade nas vendas de veículos neste ano e a estimativa de alta de 4,1% na produção.

Vendas – Ainda segundo a Anfavea, as vendas de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus caíram 26,7% em fevereiro na comparação com janeiro e 28,3% ante fevereiro de 2014. No primeiro mês de 2015, foram emplacadas 185.44 unidades em todo o país. Com o resultado, os licenciamentos acumulam queda de 23,1% no primeiro bimestre do ano ante igual período de 2014.

No começo da semana, a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave) decidiu reduzir fortemente sua projeção para as vendas de carros e comerciais leves neste ano: de queda de 0,5%, para recuo de 10%, a 2,996 milhões de unidades. A revisão foi anunciada após a divulgação do resultado das vendas no mês de fevereiro, que somaram 185.961 unidades, o pior desempenho para o mês desde 2007.

(Da redação)