Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Produção de veículos cai 18,2% em agosto, diz Anfavea

Após os recentes cortes de produção, foram fabricados 216.465 veículos no país no oitavo mês do ano, o menor volume para o mês desde 2007

A produção de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus no mercado brasileiro recuou 18,2% ante o mesmo mês do ano passado, divulgou nesta sexta-feira, 4, a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea). Na comparação entre julho e agosto a queda foi menor: 3,5%. Após os recentes cortes de produção, foram fabricados 216.465 veículos no país no oitavo mês de 2015, o menor volume para o mês desde pelo menos 2007. Com o resultado, a produção acumula queda de 16,9% no ano até agosto ante igual período de 2014.

Considerando apenas automóveis e comerciais leves, a produção chegou a 210.265 unidades em agosto, baixa de 2,5% em relação a julho e recuo de 15,8% na comparação com agosto do ano passado. No oitavo mês de 2015, foram produzidos 186.613 automóveis e 23.652 comerciais leves. Com isso, a produção de automóveis e comerciais leves acumula queda de 15,2% nos oito primeiros meses deste ano frente o mesmo período de 2014.

A produção de caminhões caiu 24,2% em agosto na comparação com julho e recuou 57,6% ante o mesmo mês do ano passado. Já a produção de ônibus somou 1.120 unidades no oitavo mês do ano, queda de 40,9% ante julho e retração de 60,8% frente um ano atrás.

“Continuamos em um momento bastante difícil de mercado, especialmente em caminhões, com queda de 40% (nas vendas)”, disse o presidente da Anfavea, Luiz Moan, ao comentar que a média diária de vendas de veículos em agosto foi semelhante à de julho. Ele acrescentou que a associação também espera queda na produção de veículos do Brasil em setembro e em outubro.

Leia mais:

‘Cortamos tudo o que poderia ser cortado’, diz Dilma sobre Orçamento

Brasil tem a economia mais fechada entre membros do G20

Vendas – De acordo com a Anfavea, a venda total de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus novos no Brasil caiu 8,9% em agosto na comparação com julho e tombou 23,9% ante o mesmo mês do ano passado. No mês passado, foram vendidos 207.250 veículos no país. Com o resultado, os emplacamentos acumulam queda de 21,4% em 2015 até agosto ante igual período do ano passado.

Emprego – Em agosto, a indústria automobilística brasileira eliminou 1,421 mil vagas. Após as recentes demissões, as montadoras encerraram o oitavo mês do ano com 134,312 mil empregados. Com o resultado de agosto, a indústria automotiva já demitiu 10,2 mil empregados em todo o ano de 2015.

(Com Estadão Conteúdo)