Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Produção de café 12/13 do país estimada em 54,9 mi sacas–Safras

SÃO PAULO, 31 Mai (Reuters) – A safra brasileira de café 2012/13, que está sendo colhida agora, deve atingir 54,9 milhões de sacas de 60 quilos, informou nesta quinta-feira a consultoria Safras & Mercados, em segunda estimativa sobre a produção.

“A nova previsão fica próxima ao topo da primeira sondagem de Safras, que indicava uma produção de 52,2 a 55,0 milhões de sacas”, disse a consultoria em comunicado.

A previsão foi feita com base em sondagem junto a agrônomos, técnicos, produtores, exportadores e cooperativas e secretarias de agricultura, entre outros órgãos das regiões produtoras de café do Brasil.

Já a produção 2011/12 foi revisada para cima pela Safras, para 48,1 milhões de sacas, ante 47,1 milhões de sacas anteriormente.

Na comparação entre a safra 2012/13, ano de alta de produção do arábica, e a 2011/12, ano de baixa no ciclo bianual da cultura, a Safras projeta uma elevação na produção de 14 por cento.

A produção total de arábica 2012/13 foi indicada em 40,3 milhões de sacas, com aumento de 15 por cento sobre 2011/12 (35,1 milhões de sacas).

Já a safra 2012/13 do robusta foi estimada em 14,6 milhões de sacas, devendo ter aumento de 12 por cento na comparação com 2011/12 (13 milhões de sacas).

Segundo o analista da Safras, Gil Barabach, responsável pela sondagem, o levantamento para 2012/13 confirmou a impressão da primeira sondagem realizada entre o final de novembro e início de dezembro do ano passado.

“O clima favorável à granação e a sensação positiva desse início de trabalho ratificam essa impressão”, disse Barabach em comunicado.

A revisão da safra brasileira passada (2011/12) não significa uma maior folga na oferta, apenas um ajuste ao fluxo mais elevado de venda.

“O quadro no final da temporada 2011/12 ainda indica baixos estoques e dificuldade no abastecimento, exigindo, por isso, um esforço produtivo muito grande na temporada que se inicia, a fim de recompor as reservas.”

(Por Roberto Samora)