Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Procon recomenda que Gol suspenda voos com Boeing envolvido em acidente

Segundo o órgão, objetivo é prevenir que ocorram futuros acidentes; no domingo 157 pessoas morreram na queda de um Boeing 737 Max 8 na Etiópia

O Procon-SP, vinculado à Secretaria da Justiça e Cidadania, recomendou que a companhia aérea Gol suspenda imediatamente as operações de todos os sete aviões da Boeing modelo 737 MaX 8 que possui em sua frota, “em razão da ocorrência de acidentes de perfil semelhante em curto espaço de tempo”.

No domingo, 157 pessoas morreram na Etiópia após um avião do mesmo modelo operado pela Ethiopian Airlines cair pouco após a decolagem.

Apenas a Gol foi notificada porque é a única empresa no Brasil que possui aviões deste modelo e opera com sete deles. Serão afetados voos nacionais e interacionais da companhia.  Mais cedo, a empresa disse que não planejava parar de operar o modelo e afirmou que  deve operar 130 aviões deste modelo até 2027.

Em cinco meses, o acidente da Ethiopian foi o segundo com o novo jato da Boeing. Em outubro, 189 pessoas morreram em um voo da indonésia Lion Air.

O Boeing 737 Max 8 começou a ser comercializado há pouco mais de dois anos e já teve mais de 4,5 mil encomendas de 100 companhias. Atualmente, 37 empresas, entre elas a Gol, operam os modelos. Aerolineas Argentinas, Aeromexico e American Airlines também têm o modelo em suas frotas.

Procurada, a assessoria de imprensa da Gol, mas até o momento de publicação da matéria não teve resposta.

(Com Estadão Conteúdo e Reuters)