Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Previdência confirma déficit de R$ 4,936 bi em agosto

O saldo negativo foi 90,4% superior a julho e 19,3% maior que o do mesmo mês de 2011. No ano, o rombo da Previdência chega a R$ 28,492 bi.

Por Da Redação 1 out 2012, 12h56

O Ministério da Previdência Social confirmou nesta segunda-feira que o déficit da Previdência em agosto foi de 4,93 bilhões de reais. O dado já havia sido divulgado na semana passada pelo Tesouro Nacional. O saldo negativo foi 90,4% superior ao registrado em julho e 19,3% maior que o do mesmo mês de 2011.

O déficit em agosto foi resultado de receitas 22,53 bilhões de reais e despesas de 27,48 bilhões de reais com benefícios. O Ministério também contabiliza renúncias fiscais de 2,03 bilhões de reais, que, se consideradas no cálculo final, reduzem o déficit para 2,90 bilhões de reais no mês.

No acumulado do ano, até agosto, o rombo da Previdência chega a 28,492 bilhões de reais. O resultado representa o aumento de 4,5% em relação ao déficit registrado nos oito primeiros meses de 2011.

Leia mais:

Decreto cria Fundação de Previdência do servidor público

Continua após a publicidade

Despesas do Governo Central sobem mais que as receitas

Superávit primário do governo central cai 23% no ano

De acordo com a Previdência, o saldo negativo poderia ser menor se as compensações pelas desonerações da folha de pagamento já tivessem sido pagas. “Um projeto de crédito adicional ainda tramita no Congresso, mas como existe a garantia na lei da desoneração, seguramente a Previdência será compensada até o fim do ano”, afirmou o secretário de Políticas de Previdência Social, Leonardo Rolim.

O saldo negativo é causado pela Previdência Rural, que registrou déficit de 6,570 bilhões de reais em agosto e acumula um rombo de 42,547 bilhões de reais em 2012. Já a Previdência Urbana ficou positiva em 1,633 bilhão de reais no mês e apresenta um superávit de 14,055 bilhões de reais no ano.

(Com Agência Estado)

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)