Clique e assine com 88% de desconto

Prévia da inflação tem alta de 0,16% em agosto, diz IBGE

IPCA-15 acumula aceleração de 3,69% no ano - e de 6,15% em doze meses

Por Da Redação - 21 ago 2013, 09h43

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo-15 (IPCA-15), considerado uma prévia da inflação oficial, registrou alta de 0,16% em agosto, informou nesta quarta-feira o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O resultado deste mês ficou bem acima do registrado em julho: 0,07%. Com o número de agosto, a inflação medida pelo IPCA-15 acumula, no ano, alta de 3,69% – acima dos 3,32% contabilizados em igual período do ano passado.

Já o acumulado dos últimos doze meses desacelerou a 6,15%, ante 6,4% registrados nos doze meses imediatamente anteriores.

O IBGE credita a alta do indicador em agosto aos preços de alimentos e bebidas, que registraram neste mês uma desaceleração de preços com menor intensidade do que em julho: de 0,18% para 0,09%. O mesmo ocorreu om transportes, de -,055% para -0,33%. Além disso, o grupo Saúde e Cuidados Pessoais registrou alta nos preços, de 0,20% para 0,45%. O mesmo se deu com Educação, que registrou inflação de 0,68% no período.

Entre os alimentos, o tomate passou o posto de vilão para o leite lomga vida, que registra alta de 5,46% nos preços e lidera o ranking de impactos individuais do mês no IPAC-15, com 0,06 ponto porcentual. Também se destaca o feijão preto, que subiu 5,35%. Já o tomate registrou queda de 22,96% nos preços, seguido pela cebola, 20,09%; feijão carioca, 6,03%; batata inglesa, 4,81%; e frutas, 1,99%.

Publicidade

Os transportes seguem refletindo as desonerações do mês de junho: tiveram queda nos preços os ônibus urbanos (de 1,02% em julho para 1,69% em agosto), ônibus intermunicipais (de 0,91% para 0,7%), trem (de 1,15% para 1,96%) e metrô (de 2,02% para 2,24%).

Publicidade