Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Previ nega venda de participação na Neoenergia

Por Da Redação 9 dez 2011, 10h25

Por Equipe AE

São Paulo – A Previ, fundo de pensão dos funcionários do Banco do Brasil, enviou há pouco comunicado à imprensa negando que esteja vendendo participação na Neoenergia, como veiculou hoje o jornal Valor Econômico. A informação “não procede”, segundo a assessoria de imprensa da Previ.

Mais cedo, Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e Banco do Brasil também manifestaram posição contrária à reportagem, que afirma que a espanhola Iberdrola, que detém atualmente 39% do capital da Neoenergia, seria a nova controladora da companhia, com cerca de 60% do capital, após uma reestruturação societária. No novo desenho, o BNDES se tornaria sócio com até 15% de participação, a Previ reduziria sua fatia de 49,01% para 25%, enquanto o braço de investimentos do Banco do Brasil, que possui 11,99%, deixaria a empresa.

Publicidade