Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Previ nega venda de participação na Neoenergia para grupo espanhol Iberdrola

Por Da Redação 9 dez 2011, 14h27

Rio de Janeiro, 9 dez (EFE).- A Previ, fundo de pensão dos funcionários do Banco do Brasil, negou que esteja vendendo participação na Neoenergia ao grupo espanhol Iberdrola, que já controla parte da companhia.

‘A Previ comunica que não tem procedência a informação divulgada pela imprensa sobre a venda de sua participação na empresa Neoenergia’, afirmou o fundo em comunicado divulgado nesta sexta-feira.

O desmentido aconteceu após o jornal ‘Valor Econômico’ informar que a Iberdrola chegou a um acordo para o controle da Neoenergia.

O grupo privado controla as distribuidoras elétricas nos estados da Bahia, Pernambuco e Rio Grande do Norte, e tem como sócios a Previ (49%), o Banco do Brasil (12%) e a Iberdrola (39%).

De acordo com o ‘Valor’, após o acordo entre os sócios, Iberdrola ficaria com 60%, a Previ com 25% e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) entraria como parceiro estratégico, com 15%.

O BNDES também desmentiu as negociações e disse que não pretende adquirir ações da Neoenergia. Segundo a reportagem, a decisão da entrada do banco no conselho de administração da companhia foi decidida pela própria presidente Dilma Rousseff. EFE

Continua após a publicidade

Publicidade