Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Presidente do BNDES entrega carta de demissão a Temer

Paulo Rabello de Castro, que está no cargo desde maio de 2017, disse que sai até o dia 31 de março e que vai disputar a presidência pelo PSC

O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Paulo Rabello de Castro, entregou nesta terça-feira sua carta de demissão ao presidente Michel Temer. No documento, divulgado pelo Palácio do Planalto, ele disse que deixará o cargo no dia 31 de março por causa do calendário eleitoral.

Rabello, que é filiado ao PSC, pretende ser candidato à Presidência da República na eleição de outubro deste ano e pode enfrentar Temer no pleito. A legislação determina que aqueles que têm cargo no Executivo e disputarão a eleição precisam deixar seus cargos até 7 de abril. A regra não se aplica a Temer, que poderá disputar a reeleição no cargo.

Questionado por jornalistas, durante evento do Tribunal de Contas da União (TCU) para debater a desestatização da Eletrobras, até quando ficará no BNDES, Rabello de Castro respondeu: “No máximo até o fim de semana… (domingo) dia da ressurreição.”

Rabello de Castro preside o BNDES desde maio de 2017 e se filiou ao PSC no ano passado. Um dos nomes cotados para assumir a presidência é o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, que também pode suceder Henrique Meirelles, na Fazenda.