Clique e assine com até 92% de desconto

Presidente do BB deve ser substituído até o fim do ano

Após denúncias envolvendo pagamentos a socialite, Bendine deve deixar cargo. Rogério Caffarelli e Alexandre Abreu são cotados para assumir posto

Por Da Redação 28 out 2014, 12h03

O presidente do Banco do Brasil (BB), Aldemir Bendine, deve ser substituído por Dilma Rousseff ainda este ano, segundo reportagem do jornal O Globo. Entre os principais nomes para ocupar o posto de Bendine estão o do secretário executivo do Ministério da Fazenda Paulo Rogério Caffarelli, e o atual vice-presidente de Negócio de Varejo do BB, Alexandre Abreu.

Caffarelli fez carreira no BB e ganhou visibilidade após integrar a equipe econômica do governo Dilma. Já Abreu cresceu politicamente em 2012, quando a presidente usou a instituição para forçar a queda dos juros.

Leia mais:

Governo atrasa repasses de R$ 8 bilhões ao Banco do Brasil

Tesouro atrasa repasse de R$ 19,5 bilhões a programas sociais

Outros bancos – Na Caixa Econômica Federal, o petista baiano Jorge Hereda deve continuar na presidência da entidade. Conforme um interlocutor de Dilma no Planalto, a presidente gosta do trabalho de Hereda, que é ligado ao ex-governador da Bahia, Jaques Wagner. A avaliação é de que Hereda não criará entraves para execução da nova etapa do programa Minha Casa Minha Vida no ano que vem.

No Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho corre risco de ser substituído, conforme fonte próxima à presidente. Isso porque a relação entre eles estão estremecidas já há algum tempo.

Continua após a publicidade
Publicidade