Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Prêmio de risco espanhol fecha com pior marca histórica

Madri, 17 mai (EFE).- O prêmio de risco da Espanha – medido pela diferença entre o bônus do país a dez anos e o alemão do mesmo prazo – subiu nesta quinta-feira para 490 pontos básicos, fechando o pregão em seu nível mais alto desde a adoção do euro.

A rentabilidade dos bônus espanhóis a dez anos subia hoje 6,31%, apesar de o Tesouro Público ter registrado um bom nível de demanda institucional no leilão de dívida de hoje.

No total, o Tesouro leiloou 2,493 bilhões de euros em títulos, perto do máximo previsto na emissão em três vendas de bônus a 3 e 4 anos. A esse dado é preciso acrescentar as novas dúvidas sobre o futuro do setor financeiro, frente à ameaça da Moody’s de diminuir a qualificação creditícia de vários bancos espanhóis e o temor de uma retirada em massa de fundos do banco Bankia.

Estas informações foram dadas com a Espanha oficialmente em recessão, após a confirmação de que a economia sofreu redução de 0,3% no primeiro trimestre. EFE