Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Preços de imóveis no Brasil seguem abaixo da inflação em julho

Segundo pesquisa FipeZap, trata-se do nono mês seguido em que a alta mensal do preço dos imóveis residenciais fica abaixo da inflação

Pelo nono mês consecutivo, a alta mensal dos preços dos imóveis residenciais no país ficou abaixo da inflação, segundo a pesquisa FipeZap. O custo médio do metro quadrado registrou em julho um crescimento de 0,13% na comparação com junho. Na relação com o mesmo mês do ano passado, a alta foi de 4,03% e marcou a sétima vez consecutiva de queda real de preços.

As variações foram menores do que as projetadas por analistas ouvidos pelo Boletim Focus, do Banco Central (BC), que esperam um aumento de 0,58% para o Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPCA) no mês de julho e um crescimento de 9,52% do indicador na base anual.

O comportamento dos preços tem sido influenciado pela restrição do crédito imobiliário, queda da renda e aumento do desemprego, com impacto sobre os estoques e os cancelamentos de vendas das incorporadoras.

Segundo a pesquisa, quase todos os municípios que compõem o indicador tiveram variações menores do que a inflação, sendo que Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Vila Velha e Niterói apresentaram queda nominal na comparação mensal. Apenas Florianópolis e Vitória tiveram elevação mensal maior que a do IPCA.

Leia também:

Com crise, lançamentos de imóveis caem 18,6% em São Paulo

Incorporadoras apelam para o poder dos drones para vender imóveis

A cidade com o metro quadrado mais caro continua sendo o Rio de Janeiro (10.631 reais), seguida por São Paulo (8.602 reais). Os dois municípios com os menores preços são Contagem (3.568 reais) e Goiânia (4.183 reais).

No ano até julho, o índice FipeZap ampliado registrou um crescimento acumulado de 1,51%. No mesmo período, a inflação esperada para o IPCA (IBGE) é de 6,79%. Dessa maneira, o preço médio anunciado do metro quadrado para venda nas 20 cidades pesquisadas aumentou sua queda real para 4,94% em 2015. O Índice FipeZap Ampliado é compilado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) a partir dos anúncios de venda no site Zap.

(Com Estadão Conteúdo)