Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Preço da tortilla no México sobe e atinge novo recorde

Por Da Redação 12 out 2011, 20h15

Por AE

Cidade do México – Os preços da tortilla no México atingiram um novo recorde em outubro por causa dos problemas com a colheita de milho no país neste ano. O item é um alimento básico da dieta mexicana, principalmente entre as camadas mais pobres da população.

O México é o principal produtor de milho branco, variedade utilizada na fabricação das tortillas. Apesar disso, geadas e períodos de estiagem prejudicaram a safra mexicana do cereal, fazendo o preço do quilo da tortilla superar 11 pesos (US$ 0,83, ou R$ 1,47) neste mês, segundo dados do Ministério da Economia. Isso corresponde a um aumento de 13% em relação aos preços de outubro de 2010 e de 160% ante dez anos atrás.

“O preço atual das tortillas é um golpe severo à economia das famílias do México”, disse José Jacobo, presidente do grupo nacional de organizações rurais (Cocyp). “A situação é muito séria”. Ele acrescentou que algumas famílias do setor rural gastam cerca de um terço da renda diária em tortillas. O México quase sempre foi autossuficiente na produção de milho branco, mas nos primeiros oito meses deste ano o país importou 854.199 toneladas do cereal dos EUA e da África do Sul, mais do que o dobro do volume importado durante o mesmo período de 2010.

O governo mexicano adotou algumas medidas para tentar diminuir o preço das tortillas, entre elas exigir que os governos locais verifiquem se não está ocorrendo a formação de cartel dos vendedores do alimento. As informações são da Dow Jones.

Continua após a publicidade

Publicidade