Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Preço alto da soja não deve impactar oferta, diz Aprobio

Por Eduardo Magossi

São Paulo – O presidente da Associação dos Produtores de Biodiesel do Brasil (Aprobio), Erasmo Battistella, informou, nesta quinta-feira, que o atual preço elevado da soja não deve impactar a oferta de biodiesel nos próximos meses. Segundo ele, a retração na oferta da soja é pontual e fruto de estiagem prolongada registrada no Brasil e nos Estados Unidos, que prejudicou as lavouras.

O executivo acrescentou que muitas empresas produtoras de biodiesel formaram estoques com o produto, que deve ser suficiente até a entrada da safra brasileira do grão, a partir de janeiro de 2013. “Não teremos problema para entregar o biodiesel já vendido em leilões”, garantiu Battistella.

Atualmente, a soja é a principal matéria-prima utilizada na produção de biodiesel, representando 80% de participação. A segunda matéria-prima mais utilizada é o sebo bovino, com 16%. O restante da oferta vem de oleaginosas alternativas produzidas pela agricultura familiar.