Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Prazo para empresas se cadastrarem no eSocial está terminando

Segundo a Receita, 70% dos trabalhadores do país já estão registrados no sistema, que promete simplificar o envio de informações trabalhistas

As empresas de médio porte, com faturamento entre 4,8 milhões de reais e 78 milhões de reais, têm até o fim deste mês de dezembro para finalizar o cadastro de seus trabalhadores no eSocial. O novo sistema simplifica o envio de informações da folha de pagamento e encargos trabalhistas ao governo.

Segundo a Receita Federal, 70% dos trabalhadores do país já estão registrados no sistema. As médias empresas começaram a incluir seus funcionários no eSocial em julho deste ano. Devem concluir o procedimento todas aquelas que não estão no Simples Nacional, sistema do governo que facilita o recolhimento de contribuições.

A partir de janeiro, começa uma nova fase do eSocial: as empresas deverão incluir informações referentes às folhas de pagamento no sistema.

O eSocial é uma plataforma do governo que reúne os dados trabalhistas, fiscais e previdenciários das empresas em um único ambiente. O sistema, que já é obrigatório para patrões de empregados domésticos, vem sendo implantado aos poucos para todas as empregadores do país.

A ferramenta ainda evita redundância nas informações prestadas por pessoas físicas e jurídicas. Pelo novo sistema, será possível reduzir tempo e custos da área contábil das empresas na execução de quinze obrigações.

De acordo com relatório do Banco Mundial, são necessárias cerca de 2.600 horas por ano para uma empresa pagar tributos no Brasil, ante 176 horas por ano na média dos países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

De acordo com o governo, o novo sistema também garante maior efetividade na concessão de direitos como o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), seguro-desemprego e abono salarial.