Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Powell ressalta relação entre máscaras e recuperação econômica nos EUA

Presidente do banco central americano afirma que é importante manter distanciamento social e uso de proteção mesmo após imunização

Por Luisa Purchio Atualizado em 12 abr 2021, 11h53 - Publicado em 12 abr 2021, 11h08

Apesar do avanço da vacinação contra a Covid-19 nos Estados Unidos, o presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, afirma que o risco de novas ondas de infecção ainda ameaça a estabilidade econômica do país. A declaração foi feita em entrevista ao 60 minutes, programa do canal americano CBS, veiculada no domingo 11.

“O principal risco a nossa economia agora é realmente que a doença se espalhe de novo. Vai ser inteligente se as pessoas continuarem a manter o distanciamento social e o uso de máscaras”, disse Powell.

De acordo com ele, os Estados Unidos está em um ponto de inflexão, no qual a economia e o emprego crescem rapidamente como consequência da rápida imunização da população e os auxílios fiscais fortes decorrentes da política monetária estimulativa.

O Fed injetou mais de quatro trilhões de reais na economia e as projeções para o crescimento do PIB em 2021 se elevaram para 6,5%, mas a Covid-19 se mantém como a maior ameaça à recuperação do país. Por isso, a manutenção das medidas de proteção contra a pandemia é vista como fundamental pelo homem forte do BC dos EUA.

  • Este risco também é existente no Brasil. Por aqui, a vacinação caminha a passos lentos, mas a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) alerta para que os idosos que receberam a vacina mantenham as medidas de cuidado à exposição ao vírus. Além de muitos ainda não terem tomado a segunda dose, novas cepas desconhecidas podem surgir e agravar o número de contaminados.

    Continua após a publicidade
    Publicidade