Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Porto de Santos deve parar em 8 de fevereiro

Trabalhadores farão greve de 24 horas no maior porto do país

O sindicato enviará um documento com as reivindicações para as autoridades nos próximos dias

Se o governo não aceitar as propostas, os trabalhadores devem entrar em greve por tempo indeterminado a partir de 23 de fevereiro

Os trabalhadores do Porto de Santos decidiram, em assembleia realizada nesta terça-feira, que irão paralisar suas atividades por 24 horas, em uma tentativa de pressionar o governo a negociar as reivindicações do setor.

A greve está marcada para 8 de fevereiro. De acordo com o vice-presidente do Sindicato da Administração Portuária, João de Andrade, a decisão foi tomada em conjunto com sindicatos de outros portos administrados pela Companhia Docas, que cuida dos portos de Rio de Janeiro (RJ), São Sebastião (SP), Paranaguá (PR), Natal (RN) e Vitória (ES), entre outros.

Andrade afirma que o sindicato irá enviar um documento com as reivindicações às autoridades nos próximos dias. Se o governo não aceitar as propostas, os trabalhadores deverão entrar em greve por tempo indeterminado a partir do dia 23 de fevereiro.

Segundo o vice-presidente, a pauta de reivindicações inclui o pedido para que o governo regularize a previdência social dos trabalhadores portuários, a profissionalização técnica da Companhia Docas e a assinatura dos acordos coletivos dos portuários que estão em aberto desde 2011.

(com Agência Estado)