Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ponte aérea é mais cara que voos internacionais

Por AE

São Paulo – O preço de ida e volta da ponte aérea Rio-São Paulo já está em R$ 1,6 mil. O valor supera o de trechos internos de outros países e até mesmo o de viagens internacionais saindo do Brasil. Para ir e voltar de Nova York a Washington, por exemplo, o custo é de R$ 275. De São Paulo para Buenos Aires, também com o retorno, é preciso desembolsar R$ 794.

A alta no preço da ponte aérea colaborou para o aumento da inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em 2011. Entre as opções de transporte do País, o uso de aviões foi o item que mais encareceu para os consumidores.

O IPCA mostra que as passagens aéreas como um todo ficaram 52,1% mais caras de janeiro a dezembro. Em 2010, a variação foi de apenas 3,17%. A alta do curto trecho de 450 quilômetros de Congonhas (SP) para Santos Dumont (RJ), porém, é a mais sentida pelos consumidores.

Especialistas no setor dão a mesma explicação para o aumento: é a falta de opções de companhias aéreas e, com a escassez de competitividade, fica mais fácil de o preço subir. Outro fator que também é apontado é a infraestrutura ruim dos aeroportos, que aumenta o valor da operação para as companhias. Os assíduos clientes da ponte aérea, por sua vez, ecoam ao afirmar que o peso no bolso só aumenta, mas o serviço está cada vez pior. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.