Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Plano de privatização de saúde gera protesto em Madri

Por Da Redação 9 dez 2012, 12h37

Mais de 5.000 manifestantes se reuniram na Porta do Sol, no centro de Madri, para protestar contra cortes orçamentários e planos de privatização de parte do serviço de saúde nacional, segundo projeções da polícia. Os organizadores estimam a participação de 75.000 manifestantes, muitos vestidos de azul e branco.

A porta-voz da organização do evento, Fátima Branas, afirmou que os planos de privatização são “míopes” porque não levaram em conta que economias poderiam ser feitas sem a venda dos serviços. O governo sustenta a ideia de que os cortes são necessários para garantir serviços de saúde durante a recessão econômica.

(Com Estadão Conteúdo)

Publicidade