Clique e assine com até 92% de desconto

Piratas sequestram petroleiro italiano na costa de Omã

Por Da Redação 27 dez 2011, 10h32

ROMA (Reuters) – Piratas sequestraram um navio italiano que transportava produtos químicos na costa de Omã nesta terça-feira, informou o proprietário da embarcação, de 18 tripulantes.

A empresa Marnavi disse em seu site na Internet que o petroleiro Enrico Ievoli, de 16.631 toneladas, foi atacado e sequestrado por piratas no mar Arábico nas primeiras horas desta terça-feira.

A empresa, com sede em Nápoles, disse que a tripulação inclui seis italianos, cinco ucranianos e sete indianos. A embarcação transporta uma carga de soda cáustica e deixou os Emirados Árabes Unidos em direção ao Mediterrâneo, disse a Marnavi.

O ministro de Relações Exteriores italiano, Giulio Terzi, disse estar acompanhando de perto o caso.

O sequestro ocorre dias após piratas somalis terem libertado o petroleiro Savina Caylyn, também de propriedade italiana. A embarcação havia sido sequestrada em fevereiro no oceano Índico. Um dos piratas disse à Reuters que eles receberam uma recompensa multimilionária.

(Reportagem de Catherine Hornby e Daniele Mari)

Continua após a publicidade
Publicidade