Clique e assine com até 92% de desconto

Pilotos da Lufthansa entram em greve na Alemanha e 80 mil passageiros ficam sem voar

Paralisação pode ser estendida para voos de longa distância na quinta-feira

Por Da Redação 18 mar 2015, 12h41

Centenas de voos da Lufthansa foram cancelados por causa de uma greve dos pilotos na Alemanha. Cerca de 80 mil passageiros, de 750 voos que fariam o percurso dentro da Alemanha e na Europa, acabaram prejudicados pela paralisação.

A extensão da greve pode aumentar se o sindicato dos pilotos paralisar as operações em voos de longa distância na quinta-feira, como já anunciou. Esta é a mais recente greve da série de paralisações que vêm ocorrendo há meses nas operações de curta distância.

Os pilotos da Lufthansa reivindicam melhores regras para aposentadoria. Atualmente, eles podem se aposentar aos 55 anos, com 60% do salário. No entanto, a empresa quer reduzir esta porcentagem.

A maior companhia aérea da Alemanha está sendo pressionada tanto pelo orçamento europeu quanto pelas grandes companhias aéreas do Golfo.

Leia mais:

Lufthansa cancela 750 voos pela greve de pilotos

Governo federal pode reduzir fatia da Infraero em próximas concessões de aeroportos

Embraer fecha nova venda de 5 aviões à Republic Airways

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade