Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

PIB fraco dos EUA impõe cautela na abertura de NY

Por Luciana Antonello Xavier, correspondente

Nova York – As bolsas em Wall Street adotaram a cautela e devem abrir em queda nesta sexta-feira após os números preliminares do PIB indicarem que a economia americana cresceu menos do que o esperado no quarto trimestre de 2011.Às 12h15 (de Brasília), no mercado futuro, o Dow Jones caía 0,48%, o S&P 500 tinha queda de 0,59% e o Nasdaq perdia 0,60%.O Produto Interno Bruto (PIB) dos EUA cresceu 2,8% no quarto trimestre, abaixo da expectativa de crescimento de 3%. No terceiro trimestre, a expansão foi de 1,8% e no quarto trimestre de 2010, o crescimento foi de 3%.

Com esse resultado, os investidores absorvem a mensagem do Federal Reserve na última quarta-feira sobre a economia dos EUA e a percepção de que a economia está bem fraca, favorecendo a manutenção da política de juro zero pelo menos até o final de 2014.

Na Europa, aumenta a ansiedade à espera de um acordo entre Grécia e credores privados. O comissário para Assuntos Econômicos e Monetários da União Europeia, Olli Rehn, disse que o acordo pode ser fechado no fim de semana e que o pacto fiscal da zona do euro, juntamente com o Mecanismo de Estabilidade Europeu (ESM, na sigla em inglês), devem ser concluídos na segunda-feira.

Também hoje, o secretário do Tesouro dos EUA, Timothy Geithner, sugeriu que os EUA aumentem os recursos para o Fundo Monetário Internacional (FMI) para ajudar a combater a crise na zona do euro.

Esta manhã, o euro tinha ligeira alta, a US$ 1,3112, de US$ 1,3109 no fim da tarde de ontem.

No pré-mercado, as ações da Ford caíam 5,71%, após a montadora revelar que teve lucro líquido de US$ 3,40 por ação no quarto trimestre do ano passado, de US$ 0,05 por ação um ano antes, o maior da história, mas que as vendas desaceleraram na Europa e Ásia.

Os papéis da Chevron caíam 1,44%, após a companhia revelar que seu lucro líquido no quarto trimestre caiu para US$ 2,58 por ação, de US$ 2,64 por ação um ano antes e abaixo também da estimativa de analistas de lucro de U$ 2,86 por ação.