Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

PIB chinês cresce 10,3% no segundo trimestre

A amplitude da desaceleração ultrapassou ligeiramente as expectativas do mercado

Por Da Redação - 15 jul 2010, 04h23

Os dados de inflação para o mês de junho também vieram significativamente mais baixos do que o esperado

O Produto Interno Bruto (PIB) da China cresceu 10,3% no segundo trimestre em relação ao mesmo período do ano passado, comparado a uma taxa de 11,9% no primeiro trimestre, informou o Escritório Nacional de Estatísticas. A amplitude da desaceleração ultrapassou ligeiramente as expectativas do mercado, que se centravam num crescimento de 10,5% no segundo trimestre.

Os dados de inflação para o mês de junho também vieram significativamente mais baixos do que o esperado, o que provavelmente significará menos urgência para elevar os juros ou adotar outras medidas de contenção no futuro próximo.

O índice de preços ao consumidor da China subiu 2,9% em junho, abaixo dos 3,1% de maio e significativamente abaixo da expectativa dos economistas, que era de um aumento de 3,3%. O índice de preços ao produtor teve alta de 6,4% no mês passado, menos do que os 7,1% de maio e do que a previsão dos economistas, de 6,8%.

Publicidade

Outros dados publicados nesta quinta-feira foram consistentes com uma desaceleração geral da atividade. A produção industrial cresceu 13,7% em junho na comparação com o mesmo mês do ano passado, abaixo dos 16,5% de maio e dos 14,9% esperados pelos economistas.

O investimento em ativos fixos nas áreas urbanas aumentou 25,5% no período janeiro-junho, menos do que a taxa de 25,9% apurada no período janeiro-maio. Os economistas esperavam aumento de 25,2%.

(com Agência Estado)

Publicidade