Clique e assine a partir de 9,90/mês

Petróleo WTI fecha em baixa de 0,4%

Por Da Redação - 13 jan 2012, 18h59

Nova York, 13 jan (EFE).- O Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve) caiu nesta sexta-feira 0,4% e fechou a US$ 98,70 por barril, influenciado pelo rebaixamento aplicado pela agência Standard&Poor’s à qualificação que outorga à dívida de vários países da zona do euro, entre eles a França, que perde assim a nota máxima de AAA.

No final da última jornada da semana na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), os contratos de futuros do WTI para entrega em fevereiro, os de mais próximo vencimento, caíram US$ 0,40 no fechamento da quinta-feira.

Desta forma, o WTI encadeou sua terceira queda consecutiva e fechou abaixo da simbólica cota dos US$ 100 por barril essa semana, na qual acumulou queda de 2,81%.

Os rebaixamentos da S&P também tiveram mais peso na cotação do petróleo do Texas que a situação na Nigéria, o maior produtor de petróleo da África.

Depois de na quinta-feira ter fracassado uma reunião entre o Governo e os sindicatos para pôr fim à greve geral iniciada esta semana pelo aumento do preço do combustível, as uniões sindicais nigerianas anunciaram que na segunda-feira poderiam interromper o bombeamento de petróleo para intensificar seu protesto.

Por sua parte, os contratos de gasolina com vencimento em fevereiro não registraram mudanças e ficaram em US$ 2,73 por galão (3,78 litros) durante esta semana na qual caíram 0,72%.

Os pedidos de gasóleo para calefação também para entrega esse mês perderam US$ 0,03 e fecharam em US$ 3,02 por galão, de modo que registraram queda semanal de 1,62%.

Enquanto isso, os contratos de gás natural com vencimento em fevereiro caíram US$ 0,02 e terminaram a sessão em US$ 2,67 por galão.

O gás natural acumulou esta semana uma queda de 12,74% por causa da demanda menor do que o habitual com o inverno mais quente nos EUA, onde metade das casas é aquecida com este combustível. EFE

Continua após a publicidade
Publicidade