Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Petróleo recua após Irã permitir fiscalização da AIEA

Por Gustavo Nicoletta

Nova York – Os preços dos contratos futuros do petróleo fecharam em baixa, diante do fortalecimento do dólar e depois de o Irã aceitar que inspetores da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) verifiquem as instalações nucleares do país. A decisão pode levar a União Europeia a anular o embargo aos barris iranianos, que vinha dando suporte aos preços do petróleo recentemente.

No ano passado, a AIEA acusou o Irã de estar produzindo uma bomba atômica, algo negado pelo governo iraniano. Os EUA ea Europa, no entanto, adotaram sanções econômicas contra o país para forçar a monitoração internacional de seu programa nuclear, entre elas elas o embargo recém-aprovado pela União Europeia.

“O fato de as negociações terem sido retomadas já é algo negativo” para os preços do petróleo, disse Tom Bentz, diretor do BNP Paribas Prime Brokerage. A alta do dólar também pesou sobre o valor do barril, pois torna a commodity mais cara para os detentores de outras moedas. Perto do horário de fechamento, o índice ICE Dollar tinha alta de 0,4%, para 79,159.

O contrato do petróleo para março negociado na New York Mercantile Exchange (Nymex) caiu US$ 0,78, ou 0,78%, para US$ 98,78 o barril. Na plataforma ICE, o contrato do petróleo tipo Brent para março recuou US$ 0,71, ou 0,63%, para US$ 110,75 o barril. As informações são da Dow Jones.