Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Petróleo fecha em ligeira alta com foco na Europa

Por Ricardo Gozzi

Nova York – Os contratos futuros de petróleo fecharam hoje em alta, recuperando-se um pouco das mínimas em seis semanas enquanto investidores acompanhavam a situação na Europa em busca de sinais de progresso no combate à crise na zona do euro.

O petróleo para entrega em janeiro subiu US$ 0,35 (0,37%) na bolsa mercantil de Nova York (Nymex), encerrando a sessão em US$ 93,88 por barril. Na plataforma eletrônica ICE, o Brent para fevereiro terminou o dia em alta de US$ 0,29 (0,28%), a US$ 103,64 por barril.

Os preços do petróleo passaram a maior parte da segunda-feira em alta e mantiveram os ganhos depois de uma teleconferência entre ministros das finanças da União Europeia (UE) ter resultado em novas ações para ajudar os mercados da dívida.

Os ministros europeus concordaram em promover um aporte de � 150 bilhões no Fundo Monetário Internacional (FMI) para dar suporte às nações da zona do euro em dificuldades financeiras, segundo comunicado conjunto divulgado após a teleconferência.

Os investidores do mercado de petróleo têm acompanhado os acontecimentos na Europa em meio a temores de que uma desaceleração econômica na região leve a uma redução na demanda pela commodity. “Só se fala em Europa. Não há nada mais no mercado de petróleo que seja interessante por si só”, comentou Dominick Chirichella, analista do Energy Management Institute.

Depois de ter caído quase 6% na semana passada e ido abaixo da média móvel de 200 dias, o mercado estava ansioso por uma recuperação, observou Phil Flynn, analista da PFGBest.

Enquanto isso, a morte do líder norte-coreano Kim Jong Il manteve a tendência de alta nos preços do petróleo. Traders temem um aumento da instabilidade na região e a possibilidade de alguma espécie de conflito interno resultante da transição de poder no país comunista. As informações são da Dow Jones.