Clique e assine com até 92% de desconto

Petróleo fecha em alta, mas devolve parte dos ganhos

Por Da Redação 1 ago 2012, 16h40

Por Ricardo Gozzi

Nova York – Os contratos futuros de petróleo fecharam em alta nesta quarta-feira na bolsa mercantil de Nova York (Nymex), mas devolveram grande parte dos ganhos depois de o Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês) do Federal Reserve Bank norte-americano ter concluído sua reunião sem anunciar novas medidas de estímulo à economia dos Estados Unidos.

O petróleo para entrega em setembro subiu US$ 0,85 (0,97%) na Nymex, para US$ 88,91 por barril. Na plataforma eletrônica ICE, o Brent para setembro avançou US$ 1,04 (0,99%), para US$ 105,96 por barril.

Durante a sessão, o petróleo negociado na Nymex atingiu a máxima intraday de US$ 89,47 por barril, ou 1,60%, impulsionado pela queda acentuada nos estoques comerciais de petróleo nos EUA. Nesta quarta-feira o Departamento de Energia dos EUA informou que os estoques de petróleo dos EUA caíram 6,522 milhões de barris na semana encerrada em 27 de julho, para 373,586 milhões de barris. A estimativa dos analistas era de queda de 800 mil barris. Na terça-feira os estoques comerciais medidos pelo American Petroleum Institute (API) mostraram queda de 11,605 milhões de barris na semana.

Nos minutos finais da sessão, entretanto, a divulgação do resultado da reunião do Fomc ofuscou a queda acentuada nos estoques. Na reunião, os diretores do Fed sinalizaram com mais ênfase que adotarão novas medidas para estimular a economia dos EUA conforme seja necessário, mas o encontro não resultou em uma nova rodada imediata de compra de bônus ou em outras possíveis ações de política monetária. No passado, medidas de estímulo ajudaram o petróleo a subir por provocarem a queda do dólar nos mercados de câmbio. As informações são da Dow Jones.

Continua após a publicidade
Publicidade