Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Petróleo fecha com maior ganho em mais de 4 meses

Por Renan Carreira

Nova York – Os contratos futuros de petróleo fecharam hoje com o maior ganho diário em mais de quatro meses, em meio a esperanças de que uma solução definitiva para as preocupações com a dívida na zona do euro estaria sendo preparada.

O petróleo para entrega em novembro fechou em alta de US$ 4,21 (5,25%), a US$ 84,45 o barril na bolsa mercantil de Nova York (Nymex). Na plataforma eletrônica ICE, o contrato do Brent para novembro subiu US$ 3,20 (3,08%), encerrando a terça-feira a US$ 107,14 o barril.

Após dúvidas sobre uma definição para a zona do euro ter puxado para baixo o preço do petróleo em 11% nas duas últimas semanas, a crença de que líderes europeus podem chegar a uma solução permeou a sessão de hoje. “O petróleo vale muito mais se eles (líderes europeus) tomarem passos concretos para manter unida a economia da zona do euro e vale muito menos se eles não realizarem nenhuma medida e não tentarem mantê-la unida”, disse John Kilduff, sócio-fundador da gestora de ativos Again Capital.

O aumento expressivo dos contratos futuros de petróleo compensou as fortes vendas nos últimos dias e deu esperanças a traders, que aguardam por um piso no nível de US$ 80 o barril. Traders disseram que algumas das compras pareceram ser guiadas pela necessidade de cobrir posições vendidas, assumidas enquanto o sentimento do mercado esperava tendência de baixa nos últimos dias.

Muitos analistas de mercado ainda avaliam que os preços vão cair no curto prazo devido a desconfianças de que a Europa pode resolver sua crise da dívida e sinais de que a economia dos Estados Unidos vai permanecer frágil. As informações são da Dow Jones.