Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Petróleo do Irã usado em pagamento à ENI está fora do embargo

ROMA/MILÃO, 25 Jan (Reuters) – O Irã deve à petrolífera italiana Eni cerca de 1,5 bilhão de dólares em petróleo, e está assegurando que os contratos de recompra para pagamento deste débito não farão parte do embargo sobre as importações de petróleo iraniano, disse um executivo da empresa nesta quarta-feira.

A União Europeia concordou em 23 de janeiro em banir as importações de petróleo do Irã, mas o embargo não será totalmente implementado até 1º de julho, para evitar prejuízo às economias a quem o Irã tem sido um grande fornecedor.

Estados membros da União Européia têm dado apoio a uma proposta ampla para permitir que entidades européias continuem a receber reembolsos em óleo para dívidas devidas por empresas iranianas.

“Os pagamentos que o Irã nos faz são de contratos feitos em 2000 e 2001, que não estarão sujeitos ao embargo; tivemos a confirmação, tanto da UE e quanto dos EUA”, afirmou o executivo da Eni Leonardo Bellodi.

A Eni já havia dito que não fará novos investimentos no Irã e pretende apenas terminar as atividades no âmbito de contratos de recompra.

(Reportagem de Alberto Sisto e Stephen Jewkes)

REUTERS SL LC