Clique e assine a partir de 9,90/mês

Petróleo cai em Nova York

Por Pius Utomi Ekpei - 13 jan 2012, 18h58

O petróleo fechou em baixa nesta sexta-feira no mercado a termo de Nova York, afetado pelos movimentos de venda após o anúncio da redução da nota da dívida da França, apesar das tensões no Irã e na Nigéria, dois importantes produtores.

O barril do “light sweet crude” para entrega em fevereiro fechou a 98,70 dólares no New York Mercantile Exchange, em queda de 40 centavos em relação à quinta-feira.

“Os preços do petróleo estão até mais elevados do que prevíamos diante da negatividade no mercado”, disse Matt Smith, da Summit Energy (Schneider Electric).

Pouco antes do fechamento do pregão, o governo francês confirmou a degradação da nota da dívida soberana da França pela agência Standard and Poor’s, que passou de AAA para AA+.

“Os preços do petróleo terminaram esta semana resistindo relativamente bem às incertezas na frente política” no Irã e na Nigéria, destacou Matt Smith.

As cotações do petróleo caíram bruscamente na quinta-feira diante da especulação do mercado sobre um possível embargo europeu à produção iraniana.

As modalidades do embargo, devido ao programa nuclear iraniano, serão discutidas em uma cúpula europeia no dia 23 de janeiro.

Continua após a publicidade
Publicidade