Clique e assine a partir de 8,90/mês

Petróleo cai 2,65% e fecha no menor nível em oito meses

Por Da Redação - 20 jun 2012, 17h08

Por Renan Carreira

Nova York – Os contratos futuros de petróleo fecharam em queda nesta quarta-feira, no menor nível em oito meses, após a divulgação dos estoques nos Estados Unidos, que subiram para o nível mais alto desde 1990, enquanto a demanda por gasolina recuou forte no país. Além disso, a decisão do Federal Reserve de estender a operação Twist até o fim do ano já havia sido precificada pelo mercado.

O contrato do petróleo WTI, com entrega para julho e que expirou nesta quarta-feira após o fim da sessão, recuou US$ 2,23 (2,65%), fechando em US$ 81,80 por barril, no menor nível desde 5 de outubro do ano passado. Já o contrato com vencimento mais próximo a partir de amanhã, com entrega para agosto, caiu US$ 2,90 (3,4%), para US$ 81,45 por barril. Na plataforma ICE, o Brent para agosto perdeu US$ 3,07 (3,2%), fechando a US$ 92,69 o barril.

Os estoques de petróleo dos EUA subiram 2,861 milhões de barris na semana encerrada em 15 de junho, para 387,299 milhões de barris, segundo informou nesta quarta-feira o Departamento de Energia (DOE, na sigla em inglês). A estimativa dos analistas era de queda de 1,0 milhão de barris. O relatório do DOE mostrou também que a medida indireta do departamento sobre a demanda por gasolina caiu 4,8% na semana passada, no menor nível para a semana desde 2001.

Já o Fed anunciou que estendeu a Operação Twist até o fim de 2012 e manteve as taxas de juros em uma faixa de 0,0% a 0,25%. Onze dos 12 membros do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc) do Banco Central dos EUA votaram para manter a taxa de juros inalterada. Com a extensão da Operação Twist, o Fed planeja comprar e vender cerca de US$ 267 bilhões em Treasuries, afirmou o Federal Reserve Bank de New York em um comunicado.

A Operação Twist tem a finalidade de reduzir as taxas de juros de longo prazo por meio da venda de títulos de curto prazo e da utilização dos recursos arrecadados para comprar títulos de prazo mais longo. Anunciado em setembro de 2011, o programa estava previsto para expirar no fim de junho. As informações são da Dow Jones.

Continua após a publicidade
Publicidade