Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Petróleo Brent cai após atingir máxima em oito meses

Por Danielle Chaves

Londres – Os contratos de petróleo operam em direções divergentes, depois de o Brent enfrentar resistência técnica apesar do maior apetite por risco gerado pelo otimismo macroeconômico e pelas ameaças à oferta da commodity. O Brent não conseguiu sustentar os ganhos acima de US$ 120 por barril, que era um nível considerado crítico para os operadores técnicos.

Os ganhos no mercado de ações e o euro forte ajudam a sustentar os preços enquanto os investidores se animam com sinais de que a Grécia está se aproximando de um segundo pacote de resgate. E ainda existem preocupações com a oferta. As tensões no Irã continuam no foco do mercado de petróleo e se somaram a problemas internos no Sudão do Sul, Síria e Iêmen que causaram problemas graves para as exportações.

Às 10h (de Brasília), o Brent para abril caía 0,04% na ICE, para US$ 120,06 por barril, ainda perto da máxima em oito meses atingida mais cedo, de US$ 120,70 por barril. O WTI para março subia 0,34% na Nymex, para US$ 102,66 por barril. As informações são da Dow Jones.