Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Petrobras tem “toda a liberdade” para reajustar preços, diz Barbosa

Declaração foi dada após o presidente da estatal afirmar que não descarta aumento no preço dos combustíveis neste ano

O ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, afirmou nesta quinta-feira que a Petrobras “tem toda a liberdade corporativa” para decidir sobre um possível aumento no preço dos combustíveis neste ano. A declaração foi dada após o presidente da estatal, Aldemir Bendine, não descartar o reajuste dos preços em entrevista concedida ao jornal Folha de S. Paulo.

“O preço dos combustíveis é uma decisão corporativa da Petrobras. O governo indicou representantes do setor privado para representá-lo no Conselho de Administração da Petrobras, que tem toda a liberdade corporativa para tomar decisões”, afirmou o ministro após reuniões com investidores, em Nova York, nos Estados Unidos.

O reajuste de preços mais recente aconteceu em novembro do ano passado, de 3% para a gasolina e 5% para o diesel nas refinarias. Neste ano, houve novo aumento para o consumidor, mas em razão da volta da cobrança da Cide (contribuição para regular o preço dos combustíveis).

Após se encontrar com os potenciais investidores, Barbosa afirmou que os estrangeiros manifestaram interesse em criar fundos e aplicar recursos em projetos de infraestrutura no país, sobretudo em portos e aeroportos regionais. “São projetos que têm investimento mais rápido e retorno mais rápido”, comentou o ministro.

Leia mais:

Presidente da Petrobras não descarta aumento da gasolina

Petrobras estuda abrir capital da BR Distribuidora

Petrobras anuncia redução de 37% em investimentos

(Com Estadão Conteúdo)