Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Petrobras quer parte do valor pago pela Odebrecht em acordo judicial

A companhia tem uma equipe preparando-se para mostrar às autoridades como o valor final será definido

A Petrobras planeja reivindicar parte do montante pago pela Odebrecht no âmbito do acordo firmado pela construtora nesta semana com autoridades de Brasil, Estados Unidos e Suíça.

A petroleira tem dito que foi vítima de um grande esquema de cartel e subornos que a Odebrecht admitiu ajudar a conduzir. Investigadores dizem que a rede de corrupção, que incluía um cartel de empreiteiras, custou aos contribuintes brasileiros e aos acionistas da Petrobras estimados 13 bilhões de dólares.

Após meses de negociações, a Odebrecht concordou na quarta-feira em pagar entre 2,6 bilhões de dólares e 4,5 bilhões de dólares a autoridades de Brasil, EUA e Suíça ao longo de 23 anos, segundo o Departamento de Justiça americano.

Veja também

“Nós estamos buscando maneiras de reembolsar os acionistas e o governo [brasileiro]”, afirmou o diretor de governança, gerenciamento de risco e compliance da petroleira, João Elek, em entrevista ao Wall Street Journal no fim da quinta-feira. “A Petrobras fará um esforço para recuperar a parte que seja justa.”

Além da multa contra a Odebrecht, o maior acordo anticorrupção da história, a subsidiária de petroquímicos da construtora, a Braskem, concordou em pagar 957 milhões de dólares.

É “extremamente difícil” calcular quanto a Petrobras deveria receber e a companhia tem uma equipe preparando-se para mostrar às autoridades como o valor final será definido, disse Elek. Segundo ele, em breve a empresa enviará a informação às autoridades.

O acordo da Odebrecht reverberou pela América Latina, onde a construtora admitiu ter pago cerca de US$ 800 milhões em subornos desde 2001 em dez países da região, bem como na África, em Angola e Moçambique.

A Petrobras elogiou na quarta-feira o acordo como um “passo importante”, mas Elek disse que a construtora não deve ter permissão para fazer negócios com a petroleira até que outras condições sejam atendidas. A Odebrecht teria de provar que introduziu medidas para garantir que não se envolverá com práticas similares no futuro, antes que a Petrobras permita que a construtora busque novamente ganhar contratos com a estatal, disse Elek, sem dar detalhes.

Durante boa parte da última década, as maiores construtoras brasileiras conspiraram com políticos e executivos da Petrobras para desviar bilhões de dólares com contratos inflados, usando esse dinheiro para enriquecer, comprar o silêncio dos envolvidos e financiar campanhas eleitorais, segundo autoridades brasileiras. A promotoria e a polícia do Brasil estimaram a perda total da Petrobras em 42 bilhões de reais (12,8 bilhões de dólares), em um esquema que custou à empresa a perda de seu rating com grau de investimento e transformou-a em uma das companhias listadas do setor de energia mais endividadas do mundo.

(Com Estadão Conteúdo)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Roubaram 13 bilhões de dólares da Petrobras e a companhia perdeu 200 bilhões de dólares de valor de mercado. Isso sem falar nos 10% do PIB que encolheu e dos milhões de vulneráveis vítima.

    As justiça brasileira precisa copiar a americana, trabalha-se em silêncio.

    Nada mais justo que a multa de apenas dois bilhões volte para à Petrobras,

    Curtir

  2. Privatizam imediatamente a Petrobrás pois virará de novo um antro da corrupção promovidas por agentes públicos brasileiros. A única solução para salvar as empresas das garras dos agentes públicos corruptos é a sua privatização; isso vale tb para Caixa, Banco do Brasil pois o cidadão contribuinte não quer mais pagar o preço da corrupção

    Curtir

  3. César Augusto

    Se a Odebrecht roubou, ROUBOU, vamos usar o termo correto, 13 bilhões deveria devolver 26 bilhões. Devolver o produto do roubo e ainda pagar multas punitivas. Se quebrar que quebre.

    Curtir

  4. simone eloisa villanueva de castro ramos

    Interessante eles dizerem terem sido “vítima de um grande esquema de cartel e subornos que a Odebrecht admitiu ajudar a conduzir” até parece que eles não sabiam de nada!!! Daqui a pouco (e sinceramente espero) vão chegar nos peixes pequenos, que deve ter de monte na Petrobrás. Acho incrível tanto negócio ruim, desvio de dinheiro, aplicações péssimas e “ninguém” ter visto nada?!?!? Agora todos são vítimas da Odebrecht…tenho até pena. Será que acham que o povo é completamente idiota? que esse pessoal ficou de boca fechada porque também interessava? Não generalizo, pois tem muita gente boa na empresa. E essa é uma empresa, imagino quando chegarem nas outras e no BNDES…aí a coisa vai ficar linda. Que venha 2017, ano do Macaco acabando e começando o do Galo, vamos ver o que vai dar.

    Curtir

  5. Como assim…? Roubaram em esses valores em menos de 15 anos e vão pagar em ate 23 anos?

    Curtir

  6. artur mendes

    Eu como brasileiro, tambem quero reinvidicar minha parte nesse bolo. Afinal, quem pagou a conta foi o povo brasileiro. Toda essa falcatrua, veio embutida em impostos e nos precos dos combustives. Portanto, esse dinheiro nao eh do governo, muito menos da Petrobras. Esse dinheiro eh do povo.

    Curtir